Medo, Pra que Te Quero?

Você tem algum desses sintomas:

  • Medo do desconhecido
  • Dores de cabeça constantes
  • Insônia
  • Noites mal dormidas
  • Dores no peito
  • Medo de perder o controle das situações do dia a dia.

Ter medo do desconhecido e pensar no pior essa é uma das principais causas da ansiedade, e de sintomas que levam à apatia, depressão e síndrome do pânico.

O desejo é abandonar a ansiedade, mas, mesmo que externamente saiba que se preocupar não resolve nada, ainda assim a preocupação toma conta.

Saber o que é necessário para manter a mente alerta, prevenir-se dos sintomas que fazem com que o sistema imunológico se fragilize e fique vulnerável, é fator crítico de sucesso para a vida e para a manutenção da saúde física, mental e emocional.

O impacto e resultado da prática de yogaterapia, meditação e técnicas respiratórias foram tão positivos e perceptíveis que decidi me dedicar a estudos mais profundos e venho trabalhando com essas técnicas nos últimos 20 anos, ajudando muitas pessoas.

Durante minha formação em yogaterapia e com as pessoas que venho atendendo nos últimas anos no Brasil e na Índia, entendi que o stress, insônia, angústia entre outros sintomas que sentia antes de iniciar minha jornada no yoga, era o mesmo que muitos de meus clientes descreviam durante as anamneses realizadas com com meus clientes.  Estes sintomas se caracterizam como: apatia, depressão, ansiedade e síndrome do Pânico. Hoje me dedico a usar toda experiência pessoal e profissional para ajudar pessoas na prevenção desses sintomas e das doenças provenientes deles.

Já auxilei muitas pessoas a descobrir seus potenciais e utilizá-los para perceber e reverter sintomas de ansiedade, depressão, apatia e síndrome do pânico.

Não há como prever o que a vida trará e o quanto nos fragilizará, por isso manter a mente alerta para administrar os pensamentos, nos ajudará a prevenir sintomas que podem nos trazer doenças e, nesse caso manter a saúde, dependerá de como você cuida do seu corpo e da sua mente. Que tipo de pensamento você vai alimentar? Isso fará uma grande diferença na sua vida.

A mente pode dizer que você não consegue realizar uma ação, e você tem duas escolhas: acreditar e não tentar porque já acreditou que não vai conseguir mesmo, essa decisão vai te paralisar, trazer sensação de medo, angústia e então se iniciam as sensações no corpo, pois seu corpo reproduzirá toda emoção gerada na mente, mesmo que você esteja parado, apenas pensando, ao passo que se você decidir agir todo o seu corpo vai se preparar para a ação, então tudo depende da sua decisão e a decisão depende de como você vai conduzir seu pensamento e, principalmente, de qual pensamento você vai alimentar.

A resposta está em você,  porque a cura, nesse caso, acontece quando vem de dentro para fora, quando você encontra a melhor forma para administrar seu corpo, sua mente, suas emoções. Se você toma medicamentos para controlar a ansiedade, pratica esportes, mas continua permitindo que sua mente e suas emoções tomem conta de você, os sintomas sempre reiniciarão. O que vai te ajudar aqui é o estado de vigília da mente e é isso que proponho te ensinar. Acredite, isso depende apenas de treino.

Terapias, remédios amenizarão e darão suporte para acelerar e fortalecer o processo de alivio dos sintomas, mas se você não conhecer a si mesmo, nem o mecanismo de disparo da sua mente, ao finalizar a terapia ou quando os remédios acabarem, os sintomas retornarão. Por isso, é preciso  conhecer a sua mente e a si mesmo, cada vez melhor para realizar as mudanças necessárias nos pensamentos, sentimentos, comportamentos e hábitos.

Sei exatamente o que você sente, pois passei por isso sei que posso ajudar.

Mônica Petrocelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *